Nova Honda Biz Flex 2011

A Honda decidiu adotar o sistema flex no m modelo 2011 da scooter Biz 125. Para marcar a mudança de tecnologia, a moto ganhou ainda visual totalmente renovado. De acordo com a fabricante, chassi e carenagem receberam alterações em cerca de 95% de seus componentes para garantir um visual mais “sofisticado” e conforto a piloto e garupa. Os preços sugeridos são R$ 5.290 (KS) e R$ 5.890 (ES).

Com o lançamento, a linha bicombustível da Honda aumentou. Como mesmo sistema, a fabricante já oferecia os modelo CG 150 Titan, CG 150 Fan e NXR 150 Bros. Ele permite a utilização de gasolina, etanol ou a mistura de ambos em qualquer proporção. Lançada em 2005, a Biz 125 já soma 970 mil unidades comercializadas.

Modernizada
O escudo frontal da Biz 125 está maio, o que amplia a proteção do piloto contra a ação do vento e de respingos. A carenagem, com maior área pintada na cor da motocicleta, aumenta a atratividade do modelo e renova sua identidade visual. O escapamento em preto ganhou protetor em aço inox polido e novas linhas.

Na dianteira, o conjunto óptico é composto por novo farol e piscas dianteiros com refletores multifocais. Os retrovisores também são novos. Na traseira, lanterna e os novos piscas independentes chamam mais atenção em meio ao trânsito. Para aumentar a segurança, o farol possui acendimento automático.

Nesta repaginação, a Honda quis investir no conforto e reposicionou o assento, além de estar maior, o que proporciona mais espaço para as pernas do piloto. Para o garupa, o conforto foi reforçado pelas novas pedaleiras, agora fixadas ao chassi.

Motor flex
O propulsor OHC (Over Head Camshaft), 4 tempos, arrefecido a ar, de 124,9 cm3, está mais suave graças aos novos balancins roletados no cabeçote. Segundo a Honda, a novidade proporciona movimento mais preciso das válvulas, resultando em menos perdas por atrito e menor desgaste das partes internas móveis. Assim, aumenta-se sua eficiência e eleva-se seu grau de durabilidade, o que resulta em pouca necessidade de manutenção.

O motor é alimentado por injeção eletrônica de combustível PGM-FI (Programmed Fuel Injection), que reduz a emissão de gases poluentes. A potência máxima é de 9,1 cavalos a 7.500 rpm e torque de 1,01 kgf.m a 3.500 rpm com ambos os combustíveis.

Fonte: Auto Esporte


Quem é Rogério Lima

veja todos os seus posts

Rogério Lima é publicitário, mas já trabalhou na Assistência técnica de Concessionárias das marcas Honda e Yamaha por quase 2 anos. É, também, fundador da Comunidade "Biz Tuning", a maior do orkut.

2 Comentários/Trackbacks

  1. lindas motos eu amei

    joao yudh / Responder
  2. A biz é mui boa e bonita, mas podia ter um preço mais baixo.

    farney G banhos / Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*