Qual a Diferença entre Motoqueiro e Motociclista?

Uma das maiores discussões do mundo das duas rodas é essa: qual a diferença entre motoqueiro e motociclista? É sabido que os motociclistas entendem como xingamento quem os chamam de motoqueiros e o motivo disso responde a essa grande pergunta. Mas nem sempre é assim.

Quando eu trabalhava em uma concessionária de uma grande marca de motos, quem era o público alvo das motos mais populares era praticamente um alvo das críticas dos proprietários das motos mais caras e de alta cilindrada. Eu cheguei a ouvir de um antigo piloto sobre essa antiga “rixa” entre as categorias.

No trânsito, parafraseando aquela propaganda da Marinha, “as motos são como jetskys” e, no ponto de vista da maioria (quem tem carro), são tudo a mesma coisa. Em até alguns momentos, são tidos como os que atrapalham o trânsito ou, até mesmo, chamados de “loucos”.

No final deste texto, eu tenho um convite para você!

Afinal, qual a diferença?

A explicação para essa diferença, é a seguinte: motociclitas encaram a moto como prazer, hobby, diversão e passeio, respeito às leis de transito e aos demais que também estão no trânsito como carros e pedestres. Na sua maioria, os “motociclistas” são pessoas que já tem um status melhor ou que utilizam suas motos (na maioria das vezes de alta cilindrada) para longas viagens.

Já os motoqueiros, que geralmente utilizam suas motos (na maioria das vezes de baixa cilindrada) para trabalhar, quase não respeitam as leis de transito, são encrenqueiros e usam corredores entre os carros para se locomover.

E, claro, existem os motoqueiros que são profissionais e podem ser comparados com os motociclistas, mas entre eles (motoqueiros e motociclistas) se usa moto só para trabalho ou com irresponsabilidade, você é um motoqueiro. Mesmo se sua moto tiver mais de 1000 cilindradas.

Em suma, quem ama sua moto, pode ser considerado um autêntico motociclista e é hoje, no dia deles, que essa diferença fica mais clara.

Este assunto é uma discussão e tanto para gerações resolverem. E você, o que acha dessa polêmica? Participe do debate acalorado nos comentários!

O Moto e Motocicleta parabeniza à todos aqueles que amam suas motocas e tem o respeito como acessório obrigatório, do mesmo modo que o capacete!

Aprimoramento para ambos:

Quantos sustos você já passou ao pilotar a sua motocicleta? Poeira no asfalto, pneu furado, quedas e, por quase nada, um prejuízo absurdo, principalmente quando a “garota” é importada? Eu mesmo já tomei cada susto no trânsito que, se eu pudesse, andaria de Jeep. Por coisas assim que quero convidar você a conhecer o E-book “Raspe o joelho“. Este material contém dicas riquíssimas e SURPREENDENTES que poucos pilotos conhecem sobre pilotagem.

Mas, neste simples e-book, você vai aprender técnicas para pilotagem de motocicletas de baixa e alta cilindrada, como se comportar em cima de duas rodas e aumentar ainda mais o seu conhecimento sobre guiar uma moto. Este conhecimento permitirá, ainda, a você aprender técnicas para pilotar de várias formas tanto num track day quando numa corrida profissional.

Se interessou? Clique aqui e tenha acesso imediato à este material essencial!

Espalhe:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on whatsapp
WhatsApp
Rogério Lima

Rogério Lima

Rogério Lima é publicitário, mas já trabalhou na Assistência técnica de Concessionárias das marcas Honda e Yamaha por quase 2 anos. É, também, fundador da Comunidade "Biz Tuning", a maior do orkut.

54 respostas

  1. minha moto e um honda titan 150,claro q mas na frent pretendo comprar uma moto mais show.dizem q o verdadeiro motociclista e aquele q gosto de andar de moto de sentir a liberdade e tem respeito ao transito .eu min sinto assim,sei q uso minha moto pra ir pro trabalho mas eu nao emchergo ela por essa utilidade,porq na verdade eu adoro andar de moto.obs:queria q mandasem mais detalha a diferença entre motociclista e motoqueiro.

    1. Buenas irmão. Motoclicliata e o cara que ama andar de moto e respeita a todos principalmente os outros irmãos. Motoqueiro e aqueles palhaço que se acham os badboy que quebram espelho por que gostam de baderna, que não respeita ninguém. Não importa o tamanho da moto muitos se acham motociclistas pq andam de harley mas não ajudam ninguém na estrada e não cumprimentam quem não tem harley. Lembre irmão o que te faz um motociclista que ama rodar e o km rodado não a cc da moto. Abraços Xote “Nordic Souls MC”

      1. Prezados, sou motociclista/motoqueiro desde muito novo. Os termos em questão são sinonimos. Deixemos de mimimi e vamos respeitar as normas gramaticais de nosso país. Assim, para não passar vergonha e nem ser carimbado como ignorante, aceitemos ambos os termos. Motociclista e motoqueiro são a mesma coisa. Não vamos deixar que uma medíocre campanha de marketing dos anos 80 nós faça passar essa vergonha daqui pra frente.

    2. Boa noite tenho 41 anos tenho moto desde os 18 sempre gostei do termo motoqueiros e me considero um motoqueiro, a cada dois meses viajo de moto respeito leis e tdo mais. Acho o termo motociclista veio a tona qdo popularizou as vê das de moto de altas cilindradas roupas e acessórios para as mesma motociclista e mais comercial vende mais.

  2. Ola! Sem dúvida o sentido que se criou (jargão), para motociclista é aquele ao qual o individuo aprecia andar de moto e respeita as leis de trânsito bem como a sua máquina, que é praticamente um esporte independente da motocicleta ser de alta cilindrada ou de ser usar exclusivamente para passeio, cita-se os de cilindrada pequena, acredito eu, por motivo de os de cilindrada grande cuidarem mais de suas motos e um “motoqueiro” por não ter respeito em geral detona suas maquinas, é claro que tem muito “filhinho de papai”, que compra uma moto grande e sai se comportando como motoqueiro.( MG Pantera Negra /Santa Maria-RS)

    1. cara para mim isso é coisa da midia querer separar classes impodo rotulos e semeando o preconçeito ,nos anos oitenta e setenta nao existia isso esses rotulos e rinchas ,pra mim oque existe e o bom piloto e o mal ,seja ele considerado motociclista ou motoqueiro ,,,sociedade fabrica e isso que a midia conseguiu….

  3. Essa definição ai que você deu é uma coisa nova, uma modinha que pegou e é tanto preconceituosa quando sem sentido.
    Motoqueiro é e sempre foi o cara que leva a moto como estilo de vida. É o cara que trabalha, estuda, passeia, ou até entrega pizza, sabe regular embreagem, troca o óleo em casa ou no meio da estrada se for preciso.
    O motociclista é quem anda de moto. Ele pode se um motoqueiro (todo motoqueiro é motociclista) ou pode ser um cara que só usa a moto de forma utilitária, por exemplo, comprou a moto pra ir para o trabalho e só.

    1. perfeito cara ,os camaradas ainda não se deram que isso não passa de uma modinha para criar atritos rinchas e dividir as classes coisa de revista especializada ai todo mundo cai ,,,

    2. Motoqueiro anda e entende de moto. Motociclista é o ciclista que trocou o pedal por um motor e aquelas roupas justinhas por jaquetas de couro artificialmente envelhecidas. Brincadeira… Só que não!

    3. É isso aí! minha definição de um motoqueiro também é essa.Me considero um motoqueiro por isso tudo que vc falou so esqueceu de dizer que motoqueiro é também aquele que anda sentado no tanque da moto quando fura o pneu ate achar uma borracharia rsrs. E que deixa a familia em casa e vai a luta em dias favoráveis ou não . Na minha região motociclista é aquele que compra uma moto anda nela sem se importar em ter uma noção de como se virar caso apresente algum problema, e fica dependendo a vida inteira de alguém pra tudo.

  4. A melhor definição que vi de motociclista foi dada por um amigo quando avistamos dois indivíduos de calça apertada e camiseta branca baby-look que compartilhavam o banco da mesma moto: “só existem 2 tipos de pilotos de moto: os motoqueiros e as bixinhas, sendo um você não é o outro”. Brincadeiras a parte, acho uma babaquice essas definições, não ligo pra nenhuma delas, minhas atitudes em cima da moto é que me definem, e não apenas duas palavras.

    1. É isso aí Marcio não podemos aceitar frases e paradigmas como definição da nossa personalidade, nossas atitudes são parâmetros individuais. Fecho contigo em Grau gênero e número. Um abraço Companheiro!!

      1. Óia, sô, a catinga da bufa que sai do caneco do motoqueiro sai do mesmo jeito do caneco do motociclista se for a mesma comida ingerida. O negócio é acelerar para aliviar no lugar mais próximo e nem sempre a cilindrada mais alta chega em tempo para aliviar porque a caganeira tem velocidade maior que a luz.

  5. Olá amigos… de acordo com o dicionário, não existe diferença entre Motoqueiro e Motociclista, independente da cilindrada de sua moto, pois, ambas são sinônimos de condutores de moto ou motocicleta.
    … COMO QUEIRAM!

    1. Acredito que é como foi dito por alguns .Motociclista é o cara que respeita as regras de transito e pessoas.O motoqueiro é o que nāo entende o respeito Independents de estar trajado com qualquer tipo de roupa

  6. bom dia !
    para mim não existe diferença entre motoqueiro e motociclista e tudo igual, só que a sociedade não tendo o que fazer,fica em ventado moda dando nome coisa essa que já existia e mesmo falta do que fazer.
    tirado o nome motoqueiro e colocado também motociclista resumindo uma babaquice.

  7. Existe uma diferença brutal é só andar nas ruas das grandes cidades e você verá o cachorro louco que usa os corredores dos carros para transitar e é a grande maioria e se você não faz parte dela larga de ser babaca.Motoqueiro é foi e será sempre um
    cara que quase via de regra não respeita as leis,ou você acha que de cada acidente estão envolvidos 90 motociclistas com as suas Harley Davidson.

    1. camarada isso não se chama de motoqueiro e sim de um pessimo piloto para mim deveriam ser punido e recolher a carteira desses caras cachorros loucos como voce disse .agora esses dois rotulos foi criada por uma revista especialisada no fim dos 80 com a intenção dividir classes samear o preconceto tenha pontos de vista seu e não se inspire no que a midia te oferece ,,kkkkkkkkk

  8. Não importa o tamanho da moto tem que pilotar com direção defensiva respeitando-o as leis de trânsito…todos nós motocas somos motociclistas andar sobre duas rodas não é pra qual quer um. Tem que ter coragem e cautela encima de uma motocicleta…parabéns a todos os motocas.

  9. BOM DIA, QUE DISCRIMINAÇÃO HEIN? SE O DICIONÁRIO DIZ QUE É IGUAL É IGUAL E ACABOU, SÓ ACHO QUE MOTOCICLISTA LEMBRA MENINA DE BIKE CECI COM CESTINHA NA FRENTE. PUTS ME LEMBREI QUE QUE NÃO TEM TEM HARLEY DAVIDSON É MOTOQUEIRO. GENTE TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI, ESTA NA CF. ESTA NO DICIONÁRIO QUE AS DUAS PALAVRAS SÃO IGUAIS. SOU MOTOQUEIRO PORQUE AMO MOTO TENHO UMA BMW K1300S E VIAJO COM RESPONSABILIDADE. PORTANTO, SE ALGUEM NÃO CONCORDA PARTICULAR DE CADA UM. SENDO ASSIM PODEM ACHAR QUE CAMINHONEIRO E TAXISTA SÃO A MESMA COISA DE AGORA EM DIANTE.

    1. Hahahah, eu concordo totalmente, principalmente com a parte da menina de Ceci com cestinha!

      1. Tu falando assim e caixa alta parece um motoqueiro que põem aquelas descargas barulhenta e sair lixando os carros no corredor. menos amigo, seja mais humano e menos machista.

  10. Fiz essa pergunta hoje para um granfino e imediatamente me tespondeu: motoqueiro não, sou motociclista. Aí, pirei, até pensei que fosse um corredor de bicicleta, porque até então só ouvia falar em motoqueiro. Interessante as respostas , mas pra mim continua motoqueiro!!!! Irene

  11. Comparação Babaca….
    Meu camarada, me desculpe a franqueza mas você foi muito infeliz ao fazer tais comparações. Motoqueiros não são isso aí que você mostrou (ou quis mostrar). Ser um motoqueiro é estar bem mais próximo das verdadeiras origens do motociclismo que qualquer outra coisa. É que quando as primeiras motocicletas chegaram ao Brasil eram chamadas de “motocas” ou de “mototocas” e quem andava em uma delas era chamado de motoqueiro. Depois, criaram uma distinção (perjorativa) entre aqueles que usam a moto de forma casual (os motociclistas) e aqueles que usam motos da maneira usual e como um estilo de vida (os motoqueiros). Então, sejam motoqueiros ou motociclistas, se preferir. Pesquise um pouco mais e procure viver a essência da estrada e da vida sobre duas rodas e quem sabe poderá aprender um pouco mais sobre motos e também sobre a vida. Um grande abraço!

  12. bom o que eu vejo é um emblematico rotulo criado por certas revistas especializada no final dos anos 80 ,para separar as classes como sempre a midia impondo rotulos e semeando o preconceito e a raiva um contra o outro, entre os que gostam de moto e liberdade e conseguiram impor isso na cabeças de motociclista… para mim não existe rotulos nem preconceito podem me chamar de motoqueiro ou de motociclista que me orgulharei igual ,,,para mim oque acontece e que existe bons pilotos e maus pilotos,,,nos moto clubes existem muitos maus pilotos que ja vi cair da moto por ter passado do limite de bebida alcolica e outro ter que levar a moto,,assim tambem tem entre a classe dos tals motoboys ou motoqueiros que se comportam bem ,e outros que queimam o filme ….agora dizer que o cara que tem sua 150 125 ou ate mesmo e motoqueiro arruaceiro e não se enquadra no rotulo motociclista isso e puro preconceito ,chamo isso de uma sociedade fabricada ..

    1. Show de bola no teu comentário meu velho, sou motoboy a 11 anos no RS e como tu comentou, a diferença é apenas o bom do mal motoqueiro, o sol nasce pra todos ,mas o mundo é cheio de preconceitos, e tem muitos mimados que vão defender a divisão. Forte abraço e sorte na estrada!

  13. Na Década de 70 não se usava esse termo Motociclista, todos eram Motoqueiros, andávamos em Motocicletas bastante antigas, Norton’s ,Jawas,BSA’s,Royal, Husqwarnas, Monark’s, entre outras, poucos usavam capacete(Nos EUA até hoje em muitos Estados o uso do capacete é facultativo), usávamos Bandanas e óculos de Moto Cross, de repente o estilo de vida virou uma febre(até então coisa de pobre!), a Playboyzada vendo que as velhas Motocicletas chamavam mais atenção que seus carrões o que fizeram(tendo mais dinheiro do “Papai” para gastar)? Começaram a importar Motocicletas Possantes como as Harleys, Hondas entre outras, daí começaram a se intitular Motociclistas(os Caras)e a plebe Motoqueiro depreciativamente.
    Lá fora nos EUA o cara é BIKER, vai lá esculachar o Peter Fonda ou Denis Hopper, crticar porque só usam Bandanas, invente algum termo depreciativo para eles e depois me diga o resultado, Afinal existem dois filmes, Motoqueiros Selvagens e Motoqueiro Fantasma, o estilo de quem anda de Motocicleta chegou aqui graças ao Tio San,eles deveriam então ter traduzido os nomes dos filmes utilizando Motociclista, na verdade e para encerrar, as duas palavras estão corretas, o grande lance é encher o tanque, colocar umas cuecas limpas na mochila, vestir a jaqueta e partir para estrada!

  14. Essa diferenciação entre motoqueiro e motociclista é a maior frescura que eu já ouvi. Que vergonha!

  15. Não existe diferença nenhuma…eu tenho moto e sou tudo isso. ..motoboy pq faço entregas…motoqueira pq ando no corredor…e motociclista pq passeio de moto…eu sou tudo isso. ..to na estrada 36 anos. ..nenhum acidente…nenhum atropelamenro. ..nenhuma batida…amo minha moto …piloto com responsabilidade…passeio e trabalho com ela….respeito as leis de transito…respeito os pedestres e velocidade.Qual a diferença ? nao tem. ..todos tem que fazer igual.

  16. “…e usam corredores entre os carros para se locomover.” Não há lei proibindo o uso dos corredores por motociclistas.

    O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) não proíbe o uso de motocicletas entre as faixas de trânsito. Em 1997, o artigo 56 restringiria o uso das motos no corredor, porém, foi vetado pelo então presidente, Fernando Henrique Cardoso..

  17. Não concordo com essa separação entre motoqueiro e motociclista. Pra mim todos são iguais independente de classe social ou cilindrada da moto. É dever de todos os cidadãos obedecer e segui as leis de trânsito.

  18. Já ví assunto mais interessante e menos nojento dentro de uma privada de rofoviaria. Tudo simplesmente preconceito. Chamar de infrator porque tem uma moto de pequena cc ou porque usam a mesma para trabalhar.

  19. No dicionário é a mesma coisa ponto final. Mas esse argumento que motociclista é o que respeita as leis de trânsito é lorota passam nas estradas acima da velocidade permitida então não respeitam regras de trânsito.

  20. Moto no Brasil se tornou um caso de polícia e de saúde, pois são poucos os que respeitam alguma lei e muitos a usam para assaltar sem que nenhuma autoridade faça nada, temos que ter uma lei de trânsito de tolerância zero ( como a lei seca ), para as motos, blitz diárias e reeducação desses motoqueiros irresponsáveis…

  21. Hoje tive o espelho do meu carro quebrado por um motoqueiro. Sou da Paz. Mas fiquei refletindo. Vi ali a violencia por nada.

    A culpa e das autoridades que nao multam e nao querem a diminuiçao de mortes. Falo de motoqueiros. Poi8s nao protegem nem, eles nem os outros.
    A VOLENCIA CAUSADA POR ELES E NAO MOTORISTAS,SALVO ALGHUNS CASO, VOLTA DIRETO AOS MOTOQUEIROS . ELS MERECEM;

    COM A PALAVRA AS AUTORIDADES, FACAM VALER AS LEIS.. E MUIOTOP SERIA SOLUVIOANDO DE VIOLENCIA DE TRANSITO.

    FRUSTADO ESTOU.

    v

  22. Não tenho moto, mas sempre admirei as motos de altas cilindradas. Acho que são imponentes, refletem segurança, conforto e é claro, para alguns, “status”. As definições de motociclistas e motoqueiros são as mesmas. Motociclista é aquele que conduz sua moto e motoqueiro o que conduz sua motoca, sendo que moto e motoca também são sinônimos. Motoqueiro é sinônimo informal de motociclista. Vamos às características citadas: O cara é um bom ou mau piloto, estando ele em uma alta ou baixa cilindrada e independente da destinação do uso das duas rodas, tantas características são difíceis de resumir em epenas duas palavras. O ponto é que se ele é irresponsável não deveria nem ter habilitação e tão pouco estar pilotando uma motocicleta, motoca, moto, bicicleta, triciclo, ou qualquer outra coisa que não seja as próprias pernas. Até entendo o cara tentar se matar, e em muitas ocasiões muitos conseguem, mas expor a vida alheia fazendo merda em cima de um veículo, é o cúmulo. Eu ando rápido em meu carro, mas quando e onde der. Não dá para correr em uma via onde há um fluxo muito grande de pessoas/veículos, por exemplo.

  23. Bom… acho uma bobeira esses títulos de MOTOQUEIRO e MOTOCICLISTA!!!
    Faço parte de um moto clube de respeito aqui no Brasil, porém conheço ‘motoqueiros que respeitam as leis e o próximo, assim como conheço pessoas que carregam um brasão nas costas e se intitulam ‘motociclistas’ e vivem fazendo coisas erradas no trânsito e não respeitam os a sua volta!!! FICA A DICA

  24. Nada haver isso ai. Comecei a andar de moto em 1979 onde essa segregação não existia assim como essa palavra motociclista.

    Tinha uma CB750F e era e sou chamado de motoqueiro com muito orgulho.

    Na minha opinião motociclista são os Newbie do mundo das motos.

  25. Interessante os comentários, já ouvi dizer q motociclista é quem anda de moto e se for Roque iro aí é motoqueiro.

  26. Ridicula essa definição…
    O termo motoqueiro é uma tradição no mundo das motos…
    A pouco tempo a globo lixo com o bosta do Ronaldo fenômeno que curte travestis , começou essa Campanha ridícula de que motociclista respeita as leis e motoqueiros são vândalos…
    Vão se fuder seus merdas!!!

  27. Rótulo babaca… pra mim todos são iguais.. o que muda é o respeito que cada um tem com os demais e com as leis. Já vi muito “motociclista” de fim de semana fazendo *m.e.r.d.a* pra todo lado.. e vc nunca viu??? Não me importo se me chamam de motoqueiro ou motociclista, o que importa é o que eu faço com a moto. E só corrigindo, quem usa a moto pra trabalho é moto fretista. Abraço.

  28. Motociclista só existe quando o “piloto consciente” está na roda de amigos ou na mesa do bar.. ele montou na moto vira motoqueiro na hora, se tiver uma galera, piorou. Quer ver? Pega um final de semana de manhã e vá dar uma volta na rodovia dos bandeirantes onde a velocidade permitida é 120 km/h, TODOS, TODOS os motoqueiros que estão indo dar um rolê e tomar café no posto Serra Azul andam acima do limite da velocidade, ultrapassam pela direita, ficam trocando de faixas constantemente e, se tiver transito, andam no corredor. TODOS, inclusive os tiozões, aqueles que andam com barcas e capacetes com radio comunicador. Claro, se a globo for fazer uma reportagem, com certeza vai achar o “motociclista consciente”.

  29. Tenho moto de 150cc e 650cc, não importa em qual eu esteja sou motociclista. A diferença está nas atitudes e não na cilindrada da moto.

  30. Tenho 56 anos e ando de moto deste aos 17 anos… ja tive moto de varias cilindradas. Sempre usei o termo Motoqueiro, 16 anos andando de moto em São Paulo capital de segunda a sexta-feira para ir ao trabalho e nunca me envolvi em acidente. Deste 87 participação de competição em Enduro de regularidade e sempre gostei de acelerar nas pistas e offroad, claro co todos os equipamentos de segurança, o qual e nah abria mão.

  31. tenho 51 anos e piloto desde 14, claro que comecei com as pequenas de 125cc na época, desde os 18 ja´tinha uma RD 350 LC, hj eu piloto 600cc e 1000, por mim tanto faz me chamarem de motoqueiro ou motociclista, o fato é que amo mais motos do que carros, outro fato tbm que se aprende com os erros já caí trocentos tombos diferentes, mas nunca igual um igual ao ouro, isso me faz um motoqueiro ou motocilista, estar sempre aprendendo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Continue lendo

Posts relacionados

As gerações da Honda CG

A motocicleta mais vendida no Brasil nasceu na fábrica da Honda, em Manaus, em 1976. Desde então, foi passando de geração em geração criando variantes

Transformando uma Yamaha XJR 1300

A empresa de customização Deus Ex Machina apresentou, em Milão, uma customização sensacional (e simples) da robusta Yamaha XJR 1300. O projeto, chamado apenas de

Motocross em Super Slow Motion

Existem tantas coisas sensacionais que acontecem ao nosso redor e que os nossos olhos não podem captar que todas elas passam despercebidas. Isso sempre acontecia,